ARTIGOS

10 filmes para refletir em sala de aula

É muito importante utilizar o audiovisual em sala de aula, pois é um dos métodos mais atraentes para alunos. Existem diversos filmes, sejam nacionais ou internacionais, que podem colaborar no desenvolvimento da educação de estudantes e é importante incentivá-los a assistir para depois discutirem sobre o que viram e aprenderam.

Abaixo listamos 10 filmes e suas resenhas, que são essenciais para apresentar aos alunos, preparando-os para o que virá na tela, em sala de aula. Acompanhe!

1.  A Revolução dos Bichos – USA/ Reino Unido – 1954

Este filme é uma sátira sobre a Revolução Russa e seu desenvolvimento. O filme retrata o levante dos animais de uma fazenda, revoltados contra os maus-tratos por parte de seus donos. A Revolução dos Bichos é um filme baseado na história do livro de George Orwell.

2.  Sociedade dos Poetas Mortos – USA – 1989

Este conta a história de um professor de poesia que dribla os valores conservadores e tradicionais da escola onde trabalha e procura motivar os seus alunos a contestar e se tornar livres-pensadores. 

3.  A Outra História Americana – USA – 1998

Aqui, aborda-se sobre como o ódio é algo contagioso. A história é sobre a questão cultural e toda forma de discriminação, intolerância, preconceito dos nossos antepassados que se sentiam superiores sobre os outros. Esse filme faz com que as pessoas reflitam mais sobre nós mesmos e a razão que nos leva a não tolerar diferenças, nem respeitar o próximo.

4.  Barra 68: Sem Perder A Ternura – Brasil – 2001

Esse filme aborda sobre as agressões sofridas pela UnB, desde a época do golpe militar de 64 até os acontecimentos de 68, quando 500 estudantes foram detidos em uma quadra de esportes em um dos campi.

5.  Crash: No Limite – USA/Alemanha – 2004

Muitos são os temas do filme: racismo, preconceito, terrorismo, relacionamentos e vida em sociedade em grandes centros urbanos, além de polícia, poder, tráfico de pessoas e precarização das estruturas sociais e humanas. A fórmula do filme segue uma narrativa não-linear.

A sinopse do filme é a seguinte: todas as cidades grandes são afetadas por um comportamento incomum em lugares menores. As pessoas aparentam serem mais individualistas até mesmo melancólicas e perdidas na imensidão de cores, raças, atitudes, ações e rotinas. Existem personagens em Los Angeles que acabam tendo as suas vidas cruzadas por um ato de violência.

6.  Pro Dia Nascer Feliz – Brasil – 2005

A obra fala sobre as inquietações e as angústias de adolescentes e sobre a maneira pela qual se relaciona em um ambiente essencial para a sua formação, a escola. As cenas foram gravadas em três estados brasileiros com classes sociais distintas. Os professores também expõem o seu cotidiano profissional e é apresentado um quadro completo das desigualdades e da violência no Brasil em meio à realidade escolar.

7.  Escritores da Liberdade – USA/Alemanha – 2007

O filme aborda contexto social violento e problemático. A personagem principal é uma professora que trabalha em um bairro periférico dos Estados Unidos e ela procura ensinar aos alunos sobre os valores da disciplina e da tolerância, fazendo com que ocorra uma reforma educacional na comunidade.

8.  A Onda – Alemanha – 2008

Este filme fala sobre a história de um professor do Ensino Médio que assume um curso sobre autocracia e decide fazer com que seus alunos passem por uma experiência prática que explica sobre os mecanismos do fascismo e poder. O experimento sai do controle, com trágicas consequências. No decorrer da história, é abordado o contexto de uma juventude descrente e desmotivada as respeito de um futuro diferente.

9.  Corrida Para Lugar Nenhum – USA – 2010

O documentário apresenta como a pressão da família e da escola para que os jovens se tornem bem-sucedidos pode trazer traumas psicológicos irreversíveis. Esse filme faz uma crítica sobre a cultura da competitividade e do alto desempenho na educação dos Estados Unidos.

10.  Capitães da Areia – Brasil – 2011

Esse filme, baseado na obra de Jorge Amado, conta a história de adolescentes que viviam sozinhos pelas ruas da cidade de Salvador. São liderados por Pedro Bala e criam um grupo chamado Capitães da Areia. No decorrer da história os adolescentes vivem sonhos e pesadelos.

Esses são os melhores filmes para se passar dentro da sala de aula para os seus alunos assistirem e debaterem sobre o que foi visto. Gostou? Deixe o seu comentário e continue com o blog!

Gilberto Sousa

Gilberto Sousa é maranhense natural de Mirador. Pedagogo licenciado pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA e especialista em Mídias na educação pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA.

Adicionar comentários

Clique aqui para deixar um comentario

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *